Governo do Tocantins incentiva a divulgação das belezas naturais do Estado com apoio a agentes e operadores de turismo

Divulgar o Tocantins por meio do turismo é um dos principais caminhos adotados pelo Governo do Estado para o fortalecimento do setor e o desenvolvimento socioeconômico dos municípios com atrativos turisticos. Nesse sentido, a gestão estadual, por meio da Secretaria do Turismo (Setur) recebeu 11 operadores e agentes de viagens para o Famtour realizado pela CVC em parceria com o Sebrae Tocantins com destino ao Jalapão.

Com destino ao Parque Estadual do Jalapão, com o objetivo de apresentar as belezas naturais da região, a agenda dos viajantes iniciou com uma visita ao Distrito de Taquaruçu no último dia 24. Os participantes do Famtour tiveram a oportunidade de vislumbrar a paisagem da região com uma descida de tirolesa, uma vivência cultural no Pote de Ouro e uma experiência gastronômica na Vila dos Sabores.

Os empresários dos receptivos Jalapão 100 Limites, Cleib Filho, e Taquarutur, Verônica Oliveira, a Coordenadora Estadual de Turismo do Sebrae, Walbenia Lemos, e o presidente da ABAV Tocantins, Rodolfo Ferreira recepcionaram os convidados para o jantar. “Destacamos a importância dessa parceria com o Estado do Tocantins, em nome do secretário Hercy Filho e do Sebrae, que tem realizado várias ações para melhorar o nosso turismo, o Jalapão bem como outros destinos com um grande potencial turístico”, afirmou Cleib Filho.

Vivências

A aventura do grupo continuou no dia 25, rumo à Pedra Furada, na região de Ponte Alta do Tocantins. Representando a CVC Região Norte, a analista de produtos, Larissa Bueno, relatou a importância da experiência, sobretudo por ser a primeira vez no Tocantins. “O Famtour é uma maneira de conhecer o fornecedor, os serviços e o atendimento. A experiência de todo o roteiro de ecoturismo vai facilitar ainda mais vendas, sanando as dúvidas de toda a equipe. Durante esses dias, pude ver os agentes tendo outra percepção e superando as expectativas do destino”, observou.

Na sequência, o grupo desfrutou da gastronomia local com uma galinha caipira que conquistou a todos e apreciou as águas cristalinas da Lagoa do Japonês, pernoitando em Ponte Alta do Tocantins. Na sexta, 26, os operadores seguiram destino ao Cânion Sussuapara, lugar destacado como “mágico” pela agente de viagem Raquel Tomazini, de Goiânia. A comunidade Rio Novo, Prainha do Pixico e as Dunas foram outros lugares visitados pelos viajantes.

A agente de viagem de São Paulo, Elsa Miranda, se mostrou impressionada com o destino. “Eu acredito muito em Famtour porque a gente vivencia. Porque o nosso objetivo como agente de viagem é encantar o passageiro, se eu encantar esse passageiro, ele pode me trazer muito mais passageiros”, explicou ressaltando que embora não se considere uma pessoa do ecoturismo topou o convite para conhecer o Jalapão e se encantou com o destino.

No sábado, 27, os viajantes puderam conhecer os encantos dos fervedouros, passando pelos fervedouros Buritis, Ceiça e Buritizinho. A vivência na comunidade Quilombola Mumbuca, berço do Capim Dourado, foi a atração que emocionou a todos. “Eu poderia ficar o dia todo aqui”, destacou Fernanda Tanus, de Itapeva (SP). A visitação do dia foi encerrada com o banho nas águas cristalinas da Cachoeira do Formiga.

Para encerrar a programação, domingo, dia 28, o grupo conheceu o Fervedouro Jatobá, no Parque Encantado.

O secretário de Turismo, Hercy Filho, avaliou que a visita dos agentes e operadores ao Tocantins, com as vivências nos atrativos, resultará em mais visitações ao Estado, e fomentará ainda mais o turismo tocantinense. “A estruturação dos nossos destinos, a qualificação do trade e as ações promocionais têm sido prioridade do governo Wanderlei Barbosa, para que possamos, num futuro próximo receber turistas de todas as partes do mundo”, pontuou Hercy Filho.

Famtour

O Famtour, ou viagem de familiarização, tem múltiplos objetivos, como impulsionar a diversificação das experiências oferecidas na região, incluindo-as no portfólio das operadoras e agências de viagens participantes, além de oferecer uma experiência imersiva para ampliar o conhecimento dos convidados sobre o destino e assim criar oportunidades para o aprimoramento e aumento das vendas de pacotes turísticos.

Entre janeiro e abril, a CVC promoveu ações a agentes e operadores de turismo de todo o Brasil. Entre os estados visitados neste ano, destacam-se o Ceará, a Bahia e o Tocantins.

“A importância de um Famtour para o agente de viagens é simplesmente vivenciar o lugar para que possa vender com mais propriedade, com mais segurança. Então, tendo essa experiência, a gente consegue agregar muito mais para que a gente possa encantar cada vez mais o cliente, porque a gente vende sonhos, na verdade. E isso faz toda a diferença para que a gente possa passar isso adiante para o nosso cliente, para que ele possa cada vez mais propagar o nosso turismo, que é tão lindo e tão maravilhoso”, afirmou a consultora de atendimento da CVC, Lidiane Blumtritt.

história anterior

Foragido da Justiça de Minas Gerais é preso em Praia Norte em uma ação conjunta das Polícias Civis e Militares na Praia Norte

próxima história

Prefeitura divulga gabaritos provisórios e cadernos de provas do concurso da Saúde de Palmas

Mais recente de Featured Posts